Província São Paulo Apóstolo

      Os padres e irmãos Palotinos constituem uma Sociedade de Vida Apostólica, denominada Sociedade do Apostolado Católico (SAC), que teve como fundador o sacerdote romano Vicente Palotti. Os Palotinos espalharam-se por vários países e se estabeleceram no Brasil no início do século XX no estado do Rio Grande do Sul. Quando a missão gaúcha foi extinta, no final da década de 20, os dois padres Palotinos restantes passaram por São Paulo de volta para a Alemanha. Hospedaram-se no Mosteiro de São Bento, onde por causalidade encontraram o Bispo de Jacarezinho, Dom Fernando Taddei, cuja mãe, certa ocasião, hospedara São Vicente Palotti. Sabedor de que os padres alemães eram Palotinos, convidou-os para ajudá-lo na sua Diocese tão carente de sacerdotes. Os mesmos vieram conhecer a região e prometeram ao Bispo apresentar seu pedido na consulta provincial da Sociedade que iria ocorrer na Alemanha. Quando ela foi realizada, o Padre Erasmo Raab defendeu com muito empenho a proposta para que a Sociedade assumisse a missão no norte do Paraná, o que foi aprovado.

     Desse modo, no final de 1929, chegou em Jacarezinho o primeiro Padre Palotino Isidoro Kepler e nos seus passos, dezenas de outros Palotinos também aqui chegaram e deram início a um grande trabalho evangelizador, em meio às dificuldades de uma região em processo de desbravamento e que apresentava grandes obstáculos à locomoção.

     Entre as dezenas de sacerdotes que aqui trabalharam, destacamos os nomes dos padres Carlos Probst, historiador dos Palotinos e incansável missionário, que foi o primeiro vigário geral da Diocese de Londrina; Carlos Dietz, primeiro pároco; Eugênio Herter, que construiu a matriz neogótica, que foi a segunda Igreja de Londrina e sua primeira Catedral; Symphoriano Kopf, que por 24 anos pastoreou a Paróquia Santo Antonio de Cambé; Alberto Strittmater, que era o pároco da matriz do Sagrado Coração de Jesus quando foi criada a Diocese; Conrado Walter e José Maria Maimome, que foram sagrados bispos, o primeiro de Jacarezinho e o segundo de Umuarama; tantos outros ainda, cujos nomes estão no livro da vida.

     Os Palotinos assumiram várias Paróquias entre as quais a Catedral de Jacarezinho e as futuras Catedrais de Londrina e Cornélio Procópio. Ergueram um Seminário  em Londrina, ligado à Paróquia Rainha dos Apóstolos, um noviciado em Cornélio Procópio e um Seminário Maior em Curitiba. Hoje há também um seminário na cidade de Ilhéus na Bahia. O trabalho apostólico no Paraná e em São Paulo, foi a base para a criação da Província São Paulo Apóstolo, sediada na capital paulista, desdobrada da matriz provincial do Sagrado Coração de Jesus da Alemanha.

     Os padres e irmãos palotinos da Província São Paulo Apóstolo hoje estão presentes nos estados de São Paulo, Paraná, Bahia e Maranhão. Há uma missão da Província no Peru com a presença de dois membros. A sede da Província está localizada na Vila Carrão na capital paulista.

 

 

 

 

                 Superiores

Pe. Erasmo Raabe 

1934 – 1936

Pe. Otto Waschburger

1936 – 1939

Pe. Heinrich Fechtig

1939 – 1946

Pe. Alois Lerch

1946 – 1956

Pe. Damian Kirchgessner

1956 – 1962

Pe. Carlos Probst

1962 – 1972

Pe. Damian Kirchgessner

1972 – 1975

Pe. Victorio Escremin

1975 – 1980

Pe. José Walter

1980 – 1983

Pe. Francisco Pio Dantas

1984 – 1993

Pe. Ernesto Bruno Krause

1993 – 1998

Pe. José Elias Fadul

1999 – 2008

Pe. Julio Endi Akamine

2008 – 2011

Pe. José Elias Fadul

2011 – 2017

Pe. José Lino Reinaldo Oliveira

2018- atual

©2020. Palotinos. Província São Paulo Apóstolo.