Consagração Perpétua de seis fratres palotinos

   Na noite do dia 20 de agosto, véspera da Solenidade da Assunção de Maria, aconteceu a solene profissão perpétua de seis fratres palotinos da Província São Paulo Apóstolo. Em celebração eucarística presidida pelo Reitor Provincial, Pe. José Elias Fadul, os fratres Daniel Max da Silva Ferreira (Codó-MA), Edvaldo Betioli Filho (Mandaguari-PR), Luan Adison Capelari (Cambé-PR), Manoel Cardoso dos Reis Filho (Ilhéus-BA), Marcone Silva Castro (Codó-MA) e Paulo Sérgio Aguiar Samuel (Martinópolis-SP) emitiram por toda a vida as promessas de pobreza, castidade, obediência, espírito de serviço, comunhão de bens e perseverança.

    Um grande número de fiéis provenientes de toda a região, bem como da Bahia e do Maranhão, acorreu à celebração, que aconteceu na Paróquia Rainha dos Apóstolos, em Londrina. O Reitor Provincial destacou em sua homilia a beleza de se celebrar a consagração perpétua na solenidade da Assunção de Nossa Senhora: “Maria nos ensina que grande é aquele que serve”.

   A Consagração Perpétua é o ápice da vida consagrada nas famílias religiosas. Segundo as leis da Sociedade do Apostolado Católico, a consagração é uma agradecida resposta ao chamado de Deus e fonte de santidade e alegria, por meio da qual nos dedicamos, incansavelmente, às obras da missão apostólica da comunidade (LSAC, 218).

   Os seis fratres permanecem até dezembro no Teologado Palotino, em Londrina, onde concluem a formação teológica. Neste mês de agosto, dedicado às vocações, rezemos pelos que se consagraram, por toda a família Palotina e para que muitas vocações sejam enviadas ao seio da Mãe Igreja.

1/2

©2020. Palotinos. Província São Paulo Apóstolo.